Loading
Período de campanha
01/09/2013 - 16/10/2013 (45 dias)
Fazendo arte com o barro do Jequitinhonha

Proposto por

Garupa

Garupa

Sustentabilidade

Participe de um roteiro que deverá reunir artistas, designers e curiosos pela cerâmica das artesãs do Jequitinhonha.

LEIA MAIS
Project donors
87
apoiadores
Project values
R$ 16.001
atingidos de R$ 15.637
Project calendar
0
Segundos restantes

Notícias sobre a realização da iniciativa
Fomentamos o roteiro do barro à arte, no Vale do Jequitinhonha, como um projeto-piloto liderado pela Raízes Desenvolvimento Sustentável para estimular a comercialização de viagens turísticas na região.

Sobre o projeto
Já viu as bonecas de barro criadas pelas artesãs do Vale do Jequitinhonha? São várias associação de mulheres em diferentes comunidades, como Campo Buriti, que conduzem oficinas de cerâmica com os visitantes e já receberam capacitação do Sebrae e do projeto Turismo Solidário – prepararam suas casas e cozinhas para hospedar gente interessada em mergulhar no universo artístico e tradicional do Jequitinhonha. Mas se já vão turistas para lá, o que falta agora? Somente o seu apoio para dar uma turbinada no roteiro e na sua divulgação.

Qual é a ideia?
+ A Raízes Desenvolvimento Sustentável (http://www.raizesds.com.br), que faz a operação turística junto com as associações de artesãs, vai remodelar o roteiro pelo Jequitinhonha com a consultoria da curadora de arte Maria Sônia Madureira de Pinho, pós-graduada em Gestão do Patrimônio e que já trabalhou com o mesmo grupo de artesãs em outras ocasiões e realizou exposições em cidades como Ouro Preto. O resultado será uma viagem-piloto de seis dias pelo Vale para interessados em arte e cerâmica.
+ Uma exposição em São Paulo ou Belo Horizonte será realizada com as peças produzidas nessa viagem, pelo grupo de turistas e pelas mulheres do Jequitinhonha – algumas delas artistas já reconhecidas no mercado, como Zezinha.

Como o projeto surgiu?
A ideia nasceu para suprir a necessidade de atrair mais turistas para o Vale do Jequitinhonha. A estrutura de receptivo já está pronta e os grupos que passaram por lá sempre destacam a dedicação e a qualidade dos serviços prestados nas hospedagens familiares. Pensamos que além de mostrar as outras preciosidades do Vale – o roteiro inclui uma passagem por Diamantina e fartos pratos da cozinha mineira – era necessário investir no que há de mais autêntico e precioso por ali: a arte da cerâmica que traduz a trajetória dessas mulheres. E divulgar melhor essa experiência para um nicho de viajantes: artistas plásticos, designers, artesãos, pesquisadores e interessados em arte.

Pra quem ele traz benefícios?
O turismo é um vetor de geração de renda fundamental no sertão mineiro. Hoje, os homens ainda passam a maior parte do ano em canaviais e outras lavouras nos estados da Bahia e São Paulo. As principais atividades econômicas são a agricultura familiar (muitas vezes moeda de troca) e o artesanato em cerâmica. O dinheiro levado pelos visitantes impacta toda a comunidade, muito além das artesãs. Ele circula na mão de quem oferece a hospedagem, cozinha o almoço, assa o bolo para o café da tarde, faz os doces para a sobremesa e assim por diante.

Qual é a meta?
Esta campanha pretende arrecadar R$ 15.637,13, divididos assim:

- Custos de produção da viagem (remuneração das artesãs e dos receptivos. Transporte, alimentação e hospedagem da equipe por seis dias): R$ 7.884,25
- Remuneração da curadora: R$ 3.500
- Divulgação: R$ 300
- Investimento (em parte revertido para a comunidade) em recompensas: R$ 3.182,5
- Taxa financeira estimada: R$ 770,38
- Custos para montagem da exposição: contrapartida da Raízes e de parceiros

Quem somos
A Raízes Desenvolvimento Sustentável foi fundada por Mariana Madureira e Marianne Costa e existe desde 2006 para impulsionar projetos de turismo solidário, comércio justo de artesanato e associativismo. Nesse período, já apoiamos mais de 20 grupos de artesãos mineiros e fomos finalistas do Prêmio Empreendedor Social da Folha de S. Paulo, em 2012. No Jequitinhonha, trabalhamos agora em duas comunidades: Campo Buriti e Campo Alegre, impactando diretamente 80 artesãs e artesãos.

*As recompensas devem ser retiradas nas bases da Raízes em São Paulo ou Belo Horizonte, ou o envio deverá ser custeado à parte

Fotos de divulgação: Agência Na Lata

Crie e edite aqui suas recompensas

Pense bem como você irá entregá-las e coloque tudo isso no orçamento! Entregue suas recompensas, senão a confiabilidade do seu projeto pode ser prejudicada.




  • Baixar relatório de todos os apoiadores confirmados csv , xls

  • Baixar relatório de todos os apoiadores com boleto impresso csv , xls

  • Baixar relatório de todos os apoiadores que não selecionaram uma recompensa csv , xls




Novidades publicadas
Este projeto foi bem-sucedido e foi financiado em 16/10/2013
TUDO OU NADA
Proposto por
  • 17 projetos criados
  • ainda não apoiou projetos
  • Garupa
Enviar mensagem
Parceiros
    Loading