Facebook




Então saiba que é de suma importância que esteja por dentro das principais informações referentes as notas de corte UNESP 2021 dos cursos disponíveis pela instituição. Neste post, listamos as principais notas de corte UNESP 2021. 







A Universidade Estadual Paulista tem seus processos seletivos bastante concorridos. Com cursos de ótima qualidade e reconhecidos em todo o Brasil, a instituição costuma receber milhares de inscritos afim de garantir uma vaga. 







A mesma possui unidades em algumas cidades do estado de São Paulo, tornando a vida daqueles que desejam ingressar ainda mais fácil. 
É preciso muita dedicação e foco nos estudos por parte dos candidatos. 
Entender como funcionam as notas de corte UNESP 2021 também é importante para concorrer as vagas disponíveis! 
ContentsVagas disponíveis pela UNESPComo funciona a nota de corte UNESP?Notas de corte UNESP 2021 dos cursos menos concorridosNotas de corte mais altas da UNESP 

Assim como já mencionamos neste post, a Universidade Estadual Paulista tem suas vagas bastante concorridas. Isso porque os cursos são de ótima qualidade e os docentes também são altamente qualificados. 
Com diversas unidades espalhadas pelo estado, a UNESP costuma disponibilizar um bom número de vagas para cada curso. O curso de Ciências Biológicas, por exemplo, conta com aproximadamente 500 vagas anualmente. 

Abaixo, você poderá conferir o número de vagas disponíveis nos principais cursos UNESP 2021 em um de seus últimos processos seletivos:

Administração — 120 vagas;
Ciência da Computação -160 vagas;

Física — 250 vagas (Licenciatura e Bacharelado);
Matemática — 235 vagas (Licenciatura e Bacharelado);
Química — 210 vagas (Licenciatura e Bacharelado);
Educação Física — 230 vagas (Licenciatura e Bacharelado);
Medicina Veterinária — 170 vagas;
Odontologia — 265 vagas;
Engenharia Ambiental — 145 vagas;
Nota de corte Engenharia Civil 2021 — 180 vagas;
Ciências Econômicas — 100 vagas;
Ciências Sociais — 200 vagas;
Direito — 120 vagas.
Vale lembrar que, cada ano o número de vagas é alterado, podendo ser mais ou menos. De modo geral, é de suma importância conferir o edital de cada forma de ingresso disponível pela UNESP.







Para mais informações sobre, clique aqui e seja automaticamente redirecionado para o site da instituição!
Como funciona a nota de corte UNESP?
Mesmo tendo um sistema bastante parecido com o SISU 2021, as notas de corte UNESP 2021possui contagem e valor diferente. 
A pontuação vai de 0 a 100, onde é preciso que o aluno atinja um determinado número de pontos correspondentes ao curso de interesse para assim, aumentar a sua chance de garantir a vaga. 
Apesar de ter essa diferença, a prova do vestibular UNESP cobra os mesmos assuntos abordados pelo Exame Nacional do Ensino Médio — ENEM 2021. 

Notas de corte UNESP 2021 dos cursos menos concorridos
Apesar de terem notas de corte UNESP 2021 mais baixas, não quer dizer que eles não sejam de boa qualidade. 
Veja a seguir as pontuações mínimas de alguns cursos da UNESP:
Pedagogia (São José do Rio Preto): 18 pontos;
Engenharia Mecânica (Ilha Solteira): 18 pontos;
Letras (Assis): 18 pontos;
Engenharia de Pesca (Registro): 18 pontos;
Educação Física (Presidente Prudente): 18 pontos;
Engenharia Civil (Ilha Solteira): 18 pontos;
Engenharia Ambiental (São José dos Campos): 18 pontos.
Notas de corte mais altas da UNESP 
Agora que você já conferiu os cursos que possuem as menores notas de corte UNESP 2021, chegou o momento de conferir aqueles que exigem uma pontuação maior do candidato:
Vestibular medicina 2021 (Botucatu): 72 pontos;
Psicologia (Bauru): 54 pontos;
Artes Visuais (São Paulo): 50 pontos;
Direito (Franca): 49 pontos;
Medicina Veterinária (Botucatu): 49 pontos;
Arquitetura e Urbanismo (Bauru): 48 pontos.
Vale lembrar que, a pontuação listada that a cima é do último processo seletivo da UNESP. Em breve voltaremos d e mais informações sobre!

Avalie este artigo!

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 2

Notas de Corte UNESP 2021: Cursos Mais e Menos Buscados SISU



Thiago MoraesThiago Moraes — Jornalismo pela UERJ (2015) , contribui cobrindo as principais universidades e faculdades brasileiras que ainda optam por vestibulares diretos.  Experiências anteriores: SejaBixo e Revista SUPER.

Facebook


anterior PRÓXIMO